sábado, 5 de julho de 2014

Nós não estamos em um flashback

        Jasmim entrou na sala de aula. Seu cabelo loiro estava espalhado pelos seus ombros e seus olhos demonstravam o quanto de cansaço ela sentia. Estava prestes a sentar em seu lugar habitual quando o viu.
        O garoto que fora sua primeira paixão, o mesmo menino que ela adorara com sete anos de idade, estava sentado no final de sua fileira. Nove anos depois e ele ainda tinha os mesmos olhos castanhos.
          -Jasmim? - a voz dele ecoou pela sala, mas, por algum motivo, a adolescente não se sentia confortável com aquele contato. Não parecia certo mexer com algo que fora esquecido há tanto tempo - Eu não acredito estamos na mesma sala de novo!
          -Oi, Rafael - Jas sentiu os braços dele a envolverem até que o garoto percebeu que ela não se sentia bem com seu abraço. Rafa, como a loira sempre odiou chamá-lo, afastou-se dois passos e a encarou novamente.
          -O que está acontecendo? Você não parece feliz em me ver. Você não parece a garotinha loira que brigava comigo - sua voz era carinhosa, mas Jasmim não conseguia responder no mesmo tom meloso. Era não só não era a mesma patricinha por quem eles se apaixonara, como também se tornara algo muito maior. E até melhor.
         -Desculpe-me, Rafael. É que eu deixei aquela menina para trás e não quero voltar a vê-la. O problema é que olhar para o seu rosto me traz todas as lembranças de uma época que eu quero esquecer...
         -Se o problema é esse, não olhe para a minha cara. Basta olhar em meus olhos e me responder, ok? Eu sei que você mudou e estou disposto a te mostrar que também mudei. É só me dar uma chance.
         Jasmim não teve como conter o sorriso. Nove anos se passaram, mas Rafael ainda era o mesmo menino que fazia de tudo para vê-la feliz. Talvez o mundo não precisasse ser tão sério como ela o via. O tempo passara, sua personalidade mudara, mas no fim das contas viver era apenas uma brincadeira. Se Jas continuasse se preocupando com todas as regras, acabaria perdendo a diversão. E, quando chegasse o fim, não haveria nada que a fizesse rir.
         -Tá bem. Só uma chance. Não ouse me decepcionar, hein?

Beijinhos, StarGirlie.

9 comentários:

  1. Que textoooooo! Às vezes a gente precisa mesmo dar essa segunda chance e deixar de "recuar" sempre. O amor sempre merece algumas chances! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado do texto, Amanda! Sim, nunca existe "tarde demais" para o amor s2 Beijinhos, StarGirlie.

      Excluir
  2. Acho que se o amor for pra ser de verdade, é certeza que um dia, as pessoas que o viveram vão se reencontrar e o amor vai conseguir ser mais forte e mais persistente. Talvez a pessoa fosse a certa, mas a hora não. Estou passando por isso no momento, infelizmente, pela primeira parte.

    Beijo!
    www.meianoiteequinze.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, Fernanda, te entendo! Estou passando por um momento que eu tinha a pessoa certa, mas não era o momento certo pois eu não sabia que era apaixonada por ele. Espero que chegue um final feliz tanto para a minha história quanto para a sua :D E seja bem-vinda ao Feitiço das Palavras! Beijinhos, StarGirlie.

      Excluir
  3. Gostei muito do seu texto...
    Um amor que durou anos e que mostrou que as pessoas mudam...

    beijos
    http://amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado, Amanda! E seja bem-vinda ao Feitiço das Palavras :D Beijinhos, StarGirlie.

      Excluir
  4. Olá =).
    Adorei o texto, muito bem escrito. Sem falar que o diálogo principal ficou ótimo *o*.
    Beijos.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada mesmo, Inês! É muito bom ler um comentário como o seu :D Beijinhos, StarGirlie.

      Excluir
  5. Hey!

    Muito fofo o texto. Algumas pessoas merecem mesmo uma segunda chance. Não tem coisa pior do que não arriscar e depois ser atormentada por aquele questionamento "e se..." e o giff da Hanna foi um charme a mais!

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Escrever é expor seus pensamentos...
Coloque um comentário e venha se aventurar também!