quinta-feira, 21 de abril de 2011

Resenha "Razão e Sensibilidade"

Nossa, quanto tempo! Nem sei se vocês ainda se lembram daquele "Minhas Novas Aquisições" em que eu comprei "Razão e Sensibilidade" entre outros tantos livros. Enfim, eu acabei de ler este clássico e vim aqui publicar a resenha.
        A história começa de um jeito bem básico em que duas irmãs distintas não, elas não são filhas únicas nem gêmeas como sempre acontece em novela tem que se habituar com a nova vida que sua família leva depois da morte de seu pai. Elinor é completamente racional, sempre tentando esconder seus sentimentos para não ferir as outras pessoas. Marianne é uma adolescente dramática que acredita que toda a dor deve ser sentida. Na verdade, a segunda é quase uma réplica perfeita de sua mãe,  Mrs. Dashwood.
        Depois que o pai das duas, e de Margaret - a irmã de 13 anos das duas -, morre, elas e sua mãe são obrigadas a passar uma temporada na casa de Josh Dashwood, o meio-irmão das três. Casado com Fanny e pai de Harry, John é arrogante como sua esposa. Porém, seu cunhado, Edward Ferrars, atrai a atenção de Elinor. A afeição entre Edward e Elinor é grande, mas ela parte para um chalé no interior, abandonando-o.
         Em Barton Park, onde se localiza sua nova moradia, as mulheres Dashwood conhecem Sir John, Lady Middleton, Mrs. Jennings, Willoughby, que se torna o interesse amoroso de Marianne, e Coronel Brandon, que se apaixona por esta.
         Conforme novos personagens surgem, como Lucy Steele, que mexe com toda a trama, percebemos ligações inimagináveis entre os personagens. Também percebemos quais são realmente as emoções de Elinor e Marianne em frente a grandes perdas. A pergunta que ronda a história é "A razão é tão separada da emoção?".
         Surpreendi-me realmente com o final. Os destinos de Elinor e Marianne foram completamente diferentes do que imaginava. Perto das últimas 15 páginas do livro, quase chorei de emoção. Recomendo este livro a todos os românticos, já que tem um ritmo calmo, mas que mexe com nossos sentimentos.
Beijinhos, StarGirlie.

Um comentário:

  1. AHHHHHHHHHHHHHHH! JANE AUSTENN!!!!!! AHHHHHHHHH! A-M-OOOOOOOOOOOOOOOO!

    ResponderExcluir

Escrever é expor seus pensamentos...
Coloque um comentário e venha se aventurar também!