quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Voltar no tempo

      Já houve momentos em que não me senti parte da vida que vivo. Parecia que o tempo havia passado rápido demais e que eu não conseguia mais acompanhar as mudanças que aconteciam junto com o meu crescimento. Era como se, no fim das contas, meu corpo tivesse seguido em frente, enquanto a minha alma ficava para trás.
       Porém, naquela manhã fria em meio ao verão, decidi mudar minha situação. Podia ter envelhecido por fora, mas iria aproveitar a juventude de minha alma. Era hora de voltar à infância, aproveitar os bons momentos que tive há alguns anos e deixar a felicidade tomar o meu dia.
       Fui para o sofá durante a madrugada, assisti àqueles desenhos animados que assistia quando era criança e me permiti adormecer naquele cantinho infantil. Deixei minha mãe me acordar ao meio-dia, chamando-me para o almoço, e depois corri para o meu quarto, procurando um caderno para desenhar. Fui uma criança leitora, mas também amava colocar minhas ideias em imagens.
       Enquanto as horas passavam e o meu tempo de infância ia acabando novamente, comecei a perceber como aquele também não era mais o meu lugar. Os anos haviam passado, não era mais hora de velhas brincadeiras. Por isso, quando as doze badaladas da meia-noite soaram em minha mente, fechei meus olhos e embarquei no sono que me levaria de volta ao meu mundo.
        Então, quando acordei pela manhã, me sentia feliz, satisfeita. Ou pelo menos, até os problemas do amadurecimento voltarem a me assombrar. Mas não me culpem pelas minhas mudanças de comportamento. Sou apenas uma adolescente.


Beijinhos, StarGirlie.

8 comentários:

  1. Não tenho nem comentários... O texto disse tudo, e ultimamente me sinto assim... Nem criança, nem adulta... E hoje em dia também não me vejo mais como adolescente... É como se esse período de transição não passasse, ao mesmo tempo que odeio ter que assumir responsabilidades e começar a ter que decidir sobre o meu futuro, também me da calafrios lembrar que queria voltar a ser criança, brincar, e assistir TV! Era tudo tão mais fácil antes né?
    Ammmei o texto... Fiquei aqui refletindo...
    http://www.janeladela.blogspot.com/

    Beijinhos Bi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico tão feliz que tenha conseguido causar tantas reflexões na sua mente. Seu comentário explicou ainda mais o que eu sinto! Sim, tudo era tão mais divertido, despreocupado e fácil quando éramos crianças :/
      Muito obrigada mesmo, Bianca! Beijinhos, StarGirlie.

      Excluir
  2. Nossa, esse texto é perfeito para mim.
    É exatamente assim que me sinto, bem, eu e milhares de outras adolescentes pelo mundo. Me sinto perdida as vezes, ainda mais com minha mudança repentina.
    Sinto que estou deixando o tempo passar, e nada fiz até agora.
    É hora de mudar essa realidade...
    Parabéns pelo texto, como sempre,

    beijos,

    Juliana Rodrigues,
    http://ser-escritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa frase que você usou no seu comentário "Sinto que estou deixando o tempo passar, e nada fiz até agora" é a que mais assombra meus pensamentos nos últimos dias. É como se eu estivesse envelhecendo sem tomar nenhuma atitude.
      Muito obrigada, Ju! Beijinhos, StarGirlie.

      Excluir
  3. O que eu mais queria era voltar no tempo e fazer tudo diferente, mas acredito que se a gente tivesse esse poder de voltar no tempo, nós não aprenderiamos com os nossos erros

    Beijinhos <3
    Garota Inocente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é muito verdade, Ana! Beijinhos, StarGirlie.

      Excluir
  4. Ameeeeeeeeeei o seu texto eu também me sinto assim ás vezes. Eu concordo com cada palavra! Ficou lindo! Mil Beijos! ♥
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitooo obrigada, Gabi. Fico até vermelhinha com tantos elogios! Beijinhos, StarGirlie.

      Excluir

Escrever é expor seus pensamentos...
Coloque um comentário e venha se aventurar também!