quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

A Formatura do Ano - Capítulo 1


                A formatura do ano.
                Pelo menos era isso que estavam dizendo por aí. E eu, secretamente, concordava. Estava muito animada! Na realidade, não que eu tivesse tido muitas formaturas em 2012...
                Mal acabara de alisar o cabelo (minutos depois, já estava enrolado novamente – valeu mesmo, cabelo), quando meu celular vibrou.
                -Val, cadê você? – perguntou Alana.
                -Bem, - falei. – me arrumando, obviamente.
                -Mas falta só meia hora pra essa formatura!
                -Estou quase acabando, calma. – revirei os olhos. Como se eu quisesse ser a primeira a chegar. – Prometo que encontro vocês em quinze minuto aí embaixo.
                -Tudo bem, até. – e desligou.
                Ri sozinha no quarto. Como eram apressados!
                Havia combinado com Alana e Luís, os amigos que moravam no meu prédio, que iríamos juntos para a festa. O pai de Alana nos levaria.
                Acabei de ajeitar o meu cabelo, entrei no vestido longo, como a escola pedira, e amarelo (eu esperava que reforçasse minha cor de pele escura e meus olhos castanhos claros, como a vendedora prometera), calcei meus saltos e lá fui eu para o elevador. Já no hall de entrada, encontrei meus amigos.
                -Uau, - falou Luís. – você está alta.
                Sorri ironicamente. Eu já era alta. Pelo menos, mais do que ele.
                -Uau, - respondi. – como você está engraçado.
                Alana estava num vestido pink que ressaltava ainda mais suas bochechas rosadas. Os olhos azuis se destacavam também com a maquiagem bem feita e o cabelo loiro preso para trás. Em outras palavras, ela estava um arraso.
                -Então seus óculos continuam quebrados? – olhei para Luís, focalizando a remenda no aro bem acima de seu nariz.
                Ele murmurou algo incompreensível. Ainda estava chateado por ter levado um soco. Evidentemente, seu corpo não fora preparado para brigar com garotos BEM maiores do ensino médio. Alana tentara ajuda-lo dizendo que ele tinha sorte pelo soco não ter quebrado as lentes de seus óculos. Mas o nariz de Luís continuava roxo.
                -Vamos? – perguntou Alana, enfatizando sua pressa.
                -Sim, estou pronto, como pode ver. – falou Luís, afrouxando a gravata que parecia sufocá-lo.
                Entramos no carro. O pai de Alana foi, como sempre, cordial. Cordial até demais, eu diria.
                Chegamos ao buffet oito minutos depois. Muita gente já estava lá fora esperando os portões se abrirem, o que eu realmente não esperava.
                Descemos no carro. Logo vi os meninos babando em Alana.
                Todos. Inclusive Luís.
                Puxei-o para um canto.
                -Então, o que vai fazer? – perguntei.
                -Ãh? – falou, confuso. – A respeito de quê?
                -Bem, da Alana, é claro! – falei, meio irritada.
                -Está doida? – perguntou, olhando para os lados. – E se alguém ouvir?
                -Como se ninguém soubesse disso há anos! – falei. – Ano que vem ela vai mudar de escola, acho que essa pode ser sua única oportunidade.
                Luís olhou para baixo. Percebi que ele já havia pensado nisso.
                -EI! GALERA! – escutei Alana gritar para nós. – Vamos entrar!
                Sorri para meu amigo e fomos em direção à entrada. Logo que passamos a porta,  vi que as previsões estavam certas. Aquela seria a melhor festa do ano.
                -Nossa, - falei. – o salão está lindo!
                -SIM! – vi os olhos de Alana brilharem.  Seguramos as mãos uma da outra.
                Jantamos com nossos amigos e, logo que as mesas foram retiradas, a diretora Valquíria pegou o microfone e começou seu pronunciamento. Observei que havia alguém ao seu lado.
                -Boa noite, formandos do terceiro ano do colégio St. Diogo. Gostaria de agradecer a presença de vocês nesta noite. Obrigada. – e desligou.
                Um calafrio percorreu meu corpo. Não gostava da diretora e seus olhos negros. Era como se ela pudesse matar uma criancinha apenas com aquele olhar. Nada bom.
                Mas minha atenção estava em outro lugar. Ao seu lado, estava provavelmente o menino mais bonito que eu já vira. Cabelos negros, pele clara, olhos mais negros do que os da própria Valquíria. Ele não estudava na escola, tinha certeza absoluta. E parecia um pouco mais velho do que nós, também.
                -Quem é aquele? – perguntei a Alana, que parecia observá-lo assim como eu.
                -O filho da Valquíria. Victor, se não me engano. Acho que ele vive com o pai, só o vi uma vez na formatura da minha irmã, há uns três anos.
                Concordei. Valquíria podia parecer má, mas era linda, assim como o garoto. Definitivamente, eles poderiam ser  parentes. A beleza diabólica estava presente em ambos.

By Babi

10 comentários:

  1. Oi! Já estou acompanhando aqui também.. então ela vai se interessar pelo filho da diretora? Ai meu Deus, ai meu Deus!

    Uma coisa.. a menina chama como? No começo eu vi escrito Val, está certo? É que eu confundi um pouco por a diretora se chamar Valquíria.

    Beijos,
    Gabriela - leitoraonline.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, dá pra confundir msm. Se chama Valerie! :D Bem, isso vc verá...

      Bjs, Babi

      Excluir
  2. Ai fiquei super apreensiva aqui, será que vai dar tudo certo? Quero o próximo capitulo, a história me prendeu do inicio ao fim, adorei *-*

    Beijinhos <3
    Garota Inocente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom! >.< Isso me deixa mt feliz! Hehe.

      E o próximo sai à meia-noite ;)

      Bjs, Babi

      Excluir
  3. OOOi Babi! OOi Star! haha Adoreeei a história Babi, sabe quando você começa a imaginar os personagens? Aconteceu isso comigo! Imaginei o vestido amarelo da Val, o Luís com seus óculos e Alana radiante! AAAh e com certeza oo perfeitooo Vitor hahahaha É vitor né?

    Esperandooo a continuação!!!!

    Beijinhos Bi

    http://www.janeladela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, valeu mesmo! Sempre faço isso ;) E é Victor. :P

      Bjs, Babi

      Excluir
  4. hhahahahhahhahahhh OMG eu imaginei perfeitamente! heheh, então ela e o filho da diretora heeem? rs

    http://conectadas2.blogspot.com.br/

    visita o blog da minha amiga?
    http://andandonasnuves2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkk todo mundo presumindo esse romance?

      Bjs, Babi

      Excluir
  5. "Beleza diabólica"... Essa frase está me deixando louca de apreensão pelo próximo capítulo *-* Estou adorando :) Parabéns.
    Beijos, Máah.

    www.coisinhasandmais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKK adoro vcs, na moral. E obrigada, de coração!

      Bjs, Babi

      Excluir

Escrever é expor seus pensamentos...
Coloque um comentário e venha se aventurar também!