sábado, 26 de novembro de 2011

Amor Estudantil

Sei que todo mundo, pelo menos uma vez na vida, já assistiu um daqueles filmes adolescentes, cheios de romances, provas finais e formaturas. Sim, há clichês por todos os lados, mas algo neles está correto. Já que a maioria deles gera milhões de dólares.
Na tela da TV ou do cinema, cada encontro é repleto de amor e até mesmo uma briga pode ter aquele musiquinha irritante, que com certeza fará sucesso. Posso opinar sobre isso, pois realmente sempre fui aficionada por esses produtos da Disney. Nada ali é natural. Ninguém sai cantando pelo corredor da escola ou tem uma dupla identidade.
A verdade é bem mais chata e previsível. Pessoas tímidas demais não se destacam em musicais, ao menos que se esforcem para isso. Uma estrela pop não será sua melhor amiga disfarçada. E, acima de tudo, um pedido na velinha de 16 anos não trará seu grande amor.
Porém, apesar de toda essa baboseira produzida, todos já imaginaram como seria suas vidas se fossem como os protagonistas. Então, vou lhes contar uma história interessante.
A garota popular e, sim, inteligente estava sentada em sua mesa conversando sobre banalidades com suas melhores amigas. Nem todas elas formavam a elite do colégio. No entanto, a nossa protagonista gostava de conversar com pessoas de todos os tipos. Não era preconceituosa de jeito nenhum.
Então, o garoto passou ao seu lado. Ele não era nada demais. Nem popular podia ser considerado, na verdade. Sim, era bonitinho. Mas não passava disso. E mesmo sim, A Garota do Colégio era apaixonada por ele.
Aquela era uma história inversa da Disney. A menina popular gostando do garoto lá-não-grande-coisa. Enfim, não sou do tipo que gosta de se enrolar em romances que nada tem a contar. Os dois eram jovens demais. Ela era animada ao extremo, ele safado desproporcionalmente a idade.
Apesar de se gostarem, ambos apenas brigavam e quando a garota foi embora da escola onde era a Líder, não demorou a não sentir saudades de seu ex-amor. Porém, ainda dizem que se lembra bem de suas discussões e de tudo que passaram juntos. Pena que para ela, nada disso importava. Ele fora apenas mais uma paixão mais perto do “Felizes Para Sempre”. E aquele final de jeito nenhum teria esse protagonista.

Beijinhos, StarGirlie.

38 comentários:

  1. Acho que as histórias da Disney muitas vezes nos fazem acreditar em algo que não existe...

    ResponderExcluir
  2. Verdade e é bem disso que o conto trata. O romance da Disney pode parecer fofo, mas você imagina o pessoal do HSM cantando com 40 anos? É meio que ridículo srrssrrsrs

    ResponderExcluir
  3. Pois é... E na maioria das vezes a vida real não acaba com "felizes para sempre"...

    ResponderExcluir
  4. Ou sim né? Porque bem, nenhuma de nós duas ou as pessoas que eu conheço chegaram ao felizes para sempre, pois esse é o final e ninguém chegou ao fim da vida ainda.

    ResponderExcluir
  5. É verdade... Mas, bom, seja bom enquanto dure! Rsrsrs...

    ResponderExcluir
  6. Verdade... E que livro você ta lendo no momento?

    ResponderExcluir
  7. "A Menina que Roubava Livros" e "Poesias Encantadas #2".

    ResponderExcluir
  8. Hmmm, que legal. Os dois estão sendo bons?

    ResponderExcluir
  9. Sim, mas eu empaquei no A Menina que Roubava Livros... E você, qual está lendo?

    ResponderExcluir
  10. "Fingindo Ter 19 Anos" da Alyson Nöel. Quero começar "Água Para Elefantes" ainda hoje...

    ResponderExcluir
  11. Ahhh... Também quero ler "Água Para Elefantes".... E "Fingindo Ter 19 Anos" é legal?

    ResponderExcluir
  12. Bem legal, mas meio óbvio. Achei com muita cara de "Gossip Girl".

    ResponderExcluir
  13. Hum... Ah, eu tô mudando algumas coisas do meu blog... Vai lá ver!

    ResponderExcluir
  14. Gostei bastante, só acho que como a imagem fica se repetindo várias vezes pode prejudicar a leitura dos posts...

    ResponderExcluir
  15. Hum... Vou tentar pôr outra...

    ResponderExcluir
  16. Nossa, ficou lindo. De verdade. Ficou perfeito.

    ResponderExcluir
  17. Graças a Deus! Eu me matei pra fazer! Rsrsrs

    ResponderExcluir
  18. Ai que bom que você achou que ficou lindo!! :) Vou postar um poema.

    ResponderExcluir
  19. Ok, quando tiver postado, me avisa. Enquanto isso, nem acredito que já estou terminando o livro. Só faltam 22 paginas!

    ResponderExcluir
  20. http://poema-verso-e-prosa.blogspot.com/2011/11/amigas.html

    ResponderExcluir
  21. Respondi e postei mais!!

    ResponderExcluir
  22. Star, estava vendo suas metas para esse ano e percebi que ainda não trocou nenhuma carta com "Mary"... Por que ainda não o fez?

    ResponderExcluir
  23. É que eu já mandei uma carta para ela, mas ela ainda não me respondeu. Então, sem a resposta, não tenho como cumprir essa meta.

    ResponderExcluir
  24. Ah, sim... Eu amo escrever cartas... Eu faço os envelopes com papel e tecido... E faço cartões, envelopes... Rsrsrs... Eu tenho um lado meu que ama artesanato!!

    ResponderExcluir
  25. Acho cartas tão especiais, é como se o mundo estivesse nas palavras e não em coisas como e-mails, que parecem tão impessoais.

    ResponderExcluir
  26. Rsrs... Quando nos encontrarmos escrevo uma carta para você... Eu amo cartas também... Guardo todas, nem que sejam pedacinhos de papéis amassados escrito: "eu te amo, Taiane!". Rsrsrs...

    ResponderExcluir
  27. srsrsrsr Eu também! Falando nisso, vou ligar pra Mary para perguntar da carta. Só um min.

    ResponderExcluir
  28. Ok... Vou fazer um bolo e já venho!!

    ResponderExcluir
  29. volteii... e aí? ligou pra ela?

    ResponderExcluir
  30. Liguei sim, mas ela não me atendeu. E nem respondeu minha mensagem. Ela deve estar no campo ou algo assim :(

    ResponderExcluir
  31. Meus avós chegaram de viagem, então vou lá vê-los... Depois a gente se fala! Te amo! Bjuxx

    ResponderExcluir

Escrever é expor seus pensamentos...
Coloque um comentário e venha se aventurar também!